Buscar
  • HiBrazil Tronnos

7 Dias Depois... Uma Semana Para Esquecer!


​​Inquestionavelmente, uma semana muito difícil para os imigrantes nos Estados Unidos. As manchetes dos Jornais internacionais não falaram em outra coisa que não fosse as medidas de Donald Trump, o novo presidente americano.

Muitos questionamentos e muitas dúvidas da parte daqueles que amam viver aqui e depositam sua confiança nos homens que comando este país e, acima de tudo, muitas orações e súplicas a Deus.

Os brasileiros não estão acostumados a depositar confiança nos políticos do Brasil, mas aqui é diferente... aqui mentir é crime. Aqui as leis são criadas para o bem do povo. Há respeito e dignidade, há esperança de dias melhores, há o exemplo dado pelas próprias autoridades, há trabalho e há acesso a qualquer bem que se deseja adquirir, enfim... Tudo é diferente quando comparado com o Brasil.

De repente cai sobre esse povo, tão sofrido mas, guerreiro (referindo-se exclusivamente ao povo brasileiro, neste momento) um pacote de medidas que tira sua paz e sua tranquilidade. Renasce um medo já conhecido por todos os brasileiros: o medo da perseguição, da abordagem desnecessária de um policial para pedir documentos, o medo de não ser mais livre, sim... porque foi aqui (USA), pelo incrível que pareça, que esse povo encontrou o que mais procurou em sua terra natal e nunca encontrou, a sensação de liberdade, de se sentir ‘gente’ e, principalmente, a sensação de se sentir útil para uma sociedade inteira, porque há portas de trabalhos abertas e o trabalho dá dignidade aos povos, e com os brasileiros não é diferente. Não importando a idade, jovens, maduros ou velhos, a vontade que a comunidade brasileira residente nos Estados Unidos tem de trabalhar, de somar forças e gerar frutos é maravilhosa. E os resultados mostram aos americanos a força da mão de obra brasileira, principalmente na construção pois, em alguns setores (como o piso, por exemplo) o brasileiro é destaque pela qualidade apresentada. Porém, a democracia norte-americana é bem diferente quando comparada a de outros países. Aqui o presidente não governa sozinho. Um decreto presidencial pode ser derrubado pela Suprema Corte. Se o decreto não representar o bem para os EUA, esse não terá sustentabilidade. Os Juízes da Suprema Corte tem poder e consequentemente também governa o pais. Quando um decreto presidencial é derrubado entende-se claramente que alguns aspectos não foram atendidos, como por exemplo: a vontade do povo americano, o impacto internacional e, a segurança do país.

No contexto das medidas decretadas pelo novo governo americano, os resultados foram terríveis no aspecto internacional, pois nos primeiros sete dias do novo governo dos Estados Unidos, o mundo mudou. Foi ‘chocante’... A ONU se pronunciou pedindo que USA repensasse sobre as medidas relacionadas aos imigrantes refugiados dos países Muçulmanos. Uma parte considerada do povo americano não está de acordo com a não permissão da entrada daqueles que possuem o Green Card.

As medidas foram oficialmente decretadas na sexta-feira (27). O Sábado(28) foi um dia de protestos nos aeroportos, protestos esses com a valiosa presença de americanos, não somente imigrantes. Porém, no final dia, "A Juíza federal Ann Donnelly aceitou um pedido da União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, da sigla em inglês) na noite deste sábado (28) para suspender as deportações de refugiados e imigrantes de sete países nos Estados Unidos após o veto do presidente Donald Trump na sexta-feira (27)", dizia parte da matéria no portal da Globo.com. Veja a matéria completa no link a seguir: http://g1.globo.com/mundo/noticia/juiza-suspende-ordem-de-trump-de-restringir-imigrantes-e-refugiados-nos-eua.ghtml

Claro, muitas coisas ainda irão acontecer. Muitas batalhas no âmbito judicial entre os poderes desta país estão por vir. Mas, nós os brasileiros temo uma fé forte no Deus que é dono de tudo e esperamos por tempos mais calmos. Que as orações continuem em prol da paz e da tranquilidade e, principalmente, de uma solução nas questões imigratórias dos Estados Unidos. Somos conscientes de que há necessidades de ajustes na questão dos imigrantes, mas que sejam amparados por uma lei, aqueles que são trabalhadores, que contribuem para o melhor da sociedade. Também, para aqueles que amam este país lindo e para aqueles que prestam contas com o governo americano pagando rigorosamente os impostos anuais.


47 visualizações

© 2016 / 2021  -  By Ricardo Violy  
ricardovioly@gmail.com
Facebook: @ViolyDesigner

www.ricardovioly.com

  • s-facebook